20ª ação do Projeto Coração de Estudante finaliza atividades de 2019

Contemplado pelo Edital Algás Social 2018-2019, o projeto “Coração de Estudante” é uma iniciativa da Fundação Cardiovascular de Alagoas, que visa reduzir a mortalidade infantil no Estado. As ações promovem atendimento médico a crianças de 0 a 5 anos, estudantes da educação infantil da rede pública de Maceió. Além disso, os responsáveis e funcionários das escolas também recebem orientações e treinamentos de primeiros socorros.

No ano de 2019, foram realizadas 19 campanhas que promoveram atendimento médico a 3.618 crianças em mais de 50 escolas da capital alagoana. Entre os pacientes atendidos, 206 casos foram encaminhados para a Casa do Coraçãozinho, para receber um tratamento especializado, com exames de comprovação ou descarte da existência de cardiopatias.

A equipe do programa é formada por cardiologistas, cardiopediatras e cirurgiões cardiovasculares do Hospital do Coração de Alagoas (HCor), além de acadêmicos do curso de Medicina dos quatro cursos de Alagoas: Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Centro Universitário Tiradentes (Unit) e Centro Universitário Cesmac, que trabalham voluntariamente em prol da saúde das crianças.

De acordo com o Dr. José Leitão, cirurgião especializado em cardiopediatria do Hospital do Coração de Alagoas (HCor), o projeto cumpriu seu objetivo, promovendo atendimento médico acessível em diversas comunidades de Maceió, além de ser uma grande experiência para os estudantes de Medicina.

“O Coração de Estudante é, sem dúvida um projeto inovador! É muito bom ver estudantes de Medicina saindo da zona de conforto em prol da melhoria da saúde pública. O projeto conquistou uma repercussão não apenas local, outros estados já fizeram contato para reproduzir o nosso modelo”, salienta o Dr. Leitão.

O projeto é responsável ainda por capacitar os responsáveis dos alunos e trabalhadores das escolas que foram contempladas pelas ações. Durante as 19 campanhas, 4.400 cidadãos participaram de treinamentos em Primeiros Socorros e Prevenção de Acidentes. Além disso, 774 professores e colaboradores das unidades de ensino receberam certificado de qualificação para agir em situações de emergência.

Segundo Tatiana Moreira, uma das mães participantes de uma ação do projeto, o treinamento de Primeiros Socorros e Prevenção de Acidentes é um dos pontos fortes da campanha. “A parte que o médico ensina como ajudar a criança quando houver um engasgo pra mim foi indispensável. A minha irmã já teve um engasgo e não sabíamos o que fazer, tivemos que leva-la para a emergência às pressas e não fizemos os atendimentos prévios, por falta de informações”, relatou Tatiana.

Para a Algás, uma das apoiadoras da iniciativa, o projeto desenvolvido pela Fundação Cardiovascular de Alagoas possui diversas estratégias de contribuição para a conscientização de responsabilidade social no estado.

“Chegamos à etapa final do projeto em 2019, com a sensação de dever cumprido. Com o apoio dado pela Algás ao ‘Coração de Estudante’, pudemos colocar em prática a nossa missão e os nossos valores, visando contribuir para a melhoria dos indicadores sociais de Alagoas”, destaca o diretor presidente da Companhia, Arnóbio Cavalcanti.

Concluindo as atividades de 2019, o Projeto Coração de Estudante promoverá sua 20ª campanha, na próxima sexta-feira (22), a partir das 9h. A ação ocorrerá na Comunidade Betânia, localizada no Conjunto Mutirão, no Bairro do Vergel do Lago. A organização prevê de 176 novos atendimentos, direcionados aos estudantes do Centro Municipal de Educação Infantil Lindolfo Collor e membros da Comunidade Betânia.

Ascom – 19/11/2019